Caos! (Lilli L’Arronge)

Caos

Quando o pequeno Bruno come uma banana e depois joga a casca no chão, sua irmã mais velha, horrorizada, imagina junto com ele o caos que aquilo pode causar. Uma pessoa escorregando, porcos escapando, bolos voando, prédio pegando fogo, tudo levando à bagunça total. A confusão inicial, que parecia ser engraçada, vai se acumulando a cada página virada.


Cartas a povos distantes (Fábio Monteiro)

Cartos a povos distantes

O menino Giramundo recebe uma carta misteriosa, de “um amigo” de Luanda, Angola. Curioso, ele responde com muitas perguntas ao inusitado destinatário, na ânsia de descobrir seu nome, como é o lugar onde vive, qual é sua história. Seu Joaquim, o dono da venda, português de Luanda, intermedia o contato.