/ governosp

Perfil BSP: Conheça Rosane Fagotti

2

Rosane Fagotti é diretora da Biblioteca de São Paulo. Natural de Garça, no interior de São Paulo, ela cuidava da biblioteca municipal da cidade e ajudou a transformar a vida dos moradores do entorno. Numa política inovadora, estabeleceu metas administrativas – de público, acervo, aparições na mídia – e abriu as portas para as mais variadas atividades.

A contação de histórias faz parte da vida de Rosane há mais de 15 anos. Participa do Grupo Pirlimpimpim, uma companhia formada em agosto de 1996 que, através do trabalho voluntário, procura manter a oralidade, a tradição de contar histórias e o amor pelos livros.

O projeto cresceu e passou a atender, em média, 4.500 alunos por ano, além de especialistas em educação e saúde.

Com um currículo desses é fácil compreender por que decidimos buscá-la em Garça para dirigir a Biblioteca de São Paulo. A política administrativa de Rosane e seu talento têm tudo a ver com este espaço vivo e aberto para as mais variadas expressões artísticas relacionadas à leitura.

Rosane, por sua vez, acompanha nosso trabalho há tempos. Ela participou do evento em que Adriana Ferrari –idealizadora da BSP – falou pela primeira vez sobre oprojeto da biblioteca viva. E quando finalmente o espaço foi inaugurado, acompanhou tudo pelos jornais, televisão e redes sociais.

“Ela é muito mais bonita ao vivo! Um sonho! Um dia vou trabalhar aqui” foi o que Rosane pensou quando conheceu a biblioteca pessoalmente. E de fato seu sonho se tornou realidade.

Entre seus autores preferidos estão Câmara Cascudo, Monteiro Lobato, J. J. Simmell, Morris West, Pear Buck, Ana Maria Machado, Ruth Rocha e Pedro Bandeira.

Texto e foto por Cauê Madeira
Compartilhe

Sobre o Autor

2 Comentários

  1. Hoje, tive a oportunidade de conhecer a Rosane, estar com ela na Biblioteca Municipal de Garça. Pessoa muito simpática, muito capacitada e que ama o que faz! Sai da biblioteca, muito animada e com muitas ideias para colocar em prática na biblioteca onde trabalho! Obrigada Rosane, pelo carinho.

Deixe um Comentário

Ouvidoria Transparência SIC
Doe Máscaras