/ governosp

Aconteceu na BSP

1

Atividades para todos os gostos. Foi assim o último final de semana na Biblioteca de São Paulo.

No sábado aconteceu mais um encontro da oficina Pintando o Sete, o primeiro com Aquiles Silva, da equipe BSP. “Essa é a minha primeira experiência como oficineiro nessa atividade e estou adorando contribuir!“, afirmou. A oficina foi realizada na Tenda de Eventos, uma área espaçosa que contribuiu muito para a desenvoltura e a criatividade das crianças. Adultos também se renderam à atividade e participaram com muito entusiasmo. “Achei a atividade excelente, o espaço é muito agradável“, afirmou Cristiane Calixta, 26 anos, uma das 19 pessoas que participaram da atividade.

No mesmo dia aconteceu a estreia de Poemas Divertidos, uma oficina de poesia para crianças. A atividade reuniu 8 participantes numa das cabines de leitura do piso infantil, espaço que combina muito com o caráter intimista da atividade. Os pequenos sem base alfabética não ficaram de fora; nesses casos, a oficineira conversava e tentava dar forma ao que a criança acreditava ser poesia e escrevia por ela. “Quando estamos sem sono, bocejamos sem parar” foram alguns dos versos criados por Caio Pessoa dos Santos, 5 anos. A escritora Silvana Tavano, responsável pela atividade, aproveitou para desmistificar a imagem que fazemos dessa arte. “Podemos fazer poesia sobre tudo; futebol, cozinha, calçada. Poesia não é só sobre amor e não é só para meninas”, explicou.

Para finalizar o sábado, Clayton Sanches e Douglas Campos contaram histórias…

Domingo também foi dia de novidade. Ed Carlos, da equipe BSP, comandou a Oficina de Pipa. A atividade atraiu 10 pessoas, entre crianças e adolescentes, que participaram com muito entusiasmo. O oficineiro ficou satisfeito e os participantes saíram pedindo mais, como o jovem Carlos Alexandre, 13 anos. Todos querem voltar para aprender a criar novos modelos de pipa!

Os adultos tiveram uma atenção especial na Contação de Histórias com Samuel Napolitano, que soube prender a atenção de 17 pessoas com maestria. A atividade foi realizada no piso superior da biblioteca. “Houve uma aproximação mais direta com o público, que resultou numa ótima resposta dos ouvintes. Espero realizar mais vezes esta contação no mesmo ambiente“, disse Samuel. Os participantes também gostaram: “Sempre é bom poder participar das atividades. Já tinha participado de contação de histórias para crianças mas essa foi a primeira vez que tive a oportunidade de ouvir histórias para adultos“, contou Paulo de Souza, 48 anos.

Logo depois, a Contação de Histórias destinada ao público infantil reuniu pais e filhos no piso térreo. “Foi a história que mais gostei de contar aqui na biblioteca, porque os pais estavam com um brilho no olhar. Eles cantavam, riam e respondiam junto com as crianças“, contou Douglas Campos, que comandou a contação e conseguiu manter 37 pessoas envolvidas, do início ao fim da atividade.

E como acontece todos os domingos, palhaços fizeram a alegria da criançada!

E quem passou por aqui aproveitou para visitar a exposição infográfica Emagrece, Brasil!.

Biblioteca de São Paulo. Lugar de crianças de todas as idades!

Compartilhe

Sobre o Autor

1 Comentário

Responder a Ana Cancelar Resposta

Ouvidoria Transparência SIC
Doe Máscaras