BSP recebe evento Diálogos 2017

Dialogos2017-Cartaz-v3

No dia 21 de novembro, das 13 às 17h30, a Biblioteca de São Paulo (BSP) recebe o evento Diálogos 2017, cujo tema é Que é isso que a literatura – e só ela – tem a oferecer que nos põe em movimento? O encontro é uma iniciativa do Movimento por um Brasil Literário e da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários e Instituições (Febab), com apoio institucional da SP Leituras, patrocínio do Instituto Pró-Livro (IPL) e parceria da Editora Pulo do Gato. O encontro é aberto ao público e conta com programação sobre a leitura literária, direito à literatura, pesquisa e política pública de leitura e biblioteca.

O objetivo é inspirar e provocar o público, levantar questões e reflexões sobre o direito à literatura. O formato foi pensado para ser uma prosa intimista com aqueles que pensam, escrevem, trabalham sobre o ‘ler, levar a ler, defender o direito de ler literatura’ possa contribuir para novas reflexões e atitudes.

Programação

Pierre André Ruprecht, diretor executivo da SP Leituras, dará as boas-vindas. Logo após, Elizabeth Serra (Presidente do Conselho Deliberativo do Movimento por um Brasil Literário e Secretária Executiva da FNLIJ) apresentará um breve histórico sobre o Movimento e, na sequência, mediará um bate-papo com Percival Leme Britto, doutor em linguística e professor da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) e Nilma Lacerda, doutora em Letras Vernáculas e professora da Universidade Federal Fluminense (UFF).

A programação conta ainda com a presença de Adriana Ferrari, presidente da Febab, e Christine Fontelles, coordenadora da campanha Eu quero minha biblioteca, que luta pela universalização de bibliotecas em escolas, que tratarão de políticas públicas de leitura e biblioteca, e Zoara Failla, que falará sobre a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil e sobre a Plataforma Pro Livro.

Acesse a programação completa neste link.

Serviço

Diálogos 2017

Tema: Que é isso que a literatura – e só ela – tem a oferecer que nos põe em movimento?

Data: 21 de novembro

Horário: das 13 às 17h30

Local: Biblioteca São Paulo (BSP)

Endereço: Avenida Cruzeiro do Sul, 2630, Santana, São Paulo

Inscrições: https://goo.gl/forms/NbHiyKG7qOLyeP7j2

Sobre o Movimento por um Brasil literário

Desde que foi lançado em 2009, o Movimento por um Brasil literário destaca como princípio o direito de todos à leitura literária e propõe que pessoas, instituições e organizações se aliem pelo compromisso com a causa de ler, levar a ler, defender o direito de ler literatura e fazer deste país uma sociedade leitora.

É a defesa pelo direito: à literatura, como forma de arte, é bem cultural ao qual todos podem ter acesso. Esta tem lugar preponderante na construção da subjetividade, concorrendo para ampliação do conhecimento e das possibilidades de escolha dos indivíduos para seu projeto de vida, na revisão contínua de sua criticidade sobre si e sobre o mundo.

O Movimento conta atualmente com uma rede de 38 Núcleos de Literatura MBL que aos poucos vão se constituindo pelo País em 17 estados e no Distrito Federal, e um em Bruxelas, na Bélgica, com o lema de ler, levar a ler e defender o direito de ler literatura.

Assim, acadêmicos, bibliotecários, professores, alunos, líderes comunitários, autores, amantes da literatura em geral, especialistas, gestores de projetos sociais, educacionais e culturais, educadores e outros compõem este mosaico de instituições, parceiros e quase 10 mil pessoas mobilizadas pela causa da leitura literária, que aderiram ao Movimento pelo site oficial.

Intelectuais, especialistas e pensadores como Elizabeth D´Angelo Serra, Fabíola Farias, Luiz Percival Leme Britto, Maria das Graças Monteiro Castro, Nilma Lacerda, Regina Zilberman, Silvia Castrillon, entre outros, fazem parte deste Movimento.



Comentários

Deixe seu comentário

Todos os comentários estão sujeitos a aprovação