Crianças usam memórias para criar livros em oficina na BSP

0
Foto: Equipe SP Leituras.

Foto: Equipe SP Leituras.

Crianças em volta de uma mesa com uma escritora, em uma tarde de compartilhamento de saber. Só poderia resultar em uma explosão de criatividade e troca rica de experiências. Assim foi a Oficina maker: produção de livros, comanda pela escritora Maria Amália Camargo e realizada no auditório da BSP.

Os pequenos foram estimulados a escrever, ilustrar, colorir e confeccionar livros. Maria Amália trouxe variados elementos que pudessem contribuir com a tarefa de criar um ponto inicial para as histórias contidas nas obras: partituras de música, discos, retratos antigos, flores, óculos, gravuras diversas, entre outras peças. Mas surpresa: os pequenos decidiram contar, em sua maioria, histórias sobre suas próprias vidas. Uma experiência que enriqueceu ainda mais a atividade e a troca entre os escritores-mirins.

Maria Amália explicou em detalhes as várias etapas de construção dos livros. E conduziu os pequenos até a constituição da capa (com a escolha das palavras e inclusão do título, do nome do autor e ilustrador), da contracapa (com um resumo/apresentação da história), da linguagem definida para a condução do conteúdo etc.

A oficina foi encerrada com a conversão dessas folhas soltas recheadas de histórias tão vivas em verdadeiros livros, construídos de forma artesanal com o apoio da equipe BSP (Hosana Barbosa da Fonseca Ferreira, Rosângela de Oliveira Silva e Valdecir Antunes Sanches, assistentes de leitura). Confira a galeria de imagens da atividade.

 

Compartilhe

Sobre o Autor

Deixe um Comentário