Bernardo Carvalho fala sobre literatura e muito mais no Segundas Intenções

0

O jornalista, escritor e tradutor Bernardo Carvalho começou sua carreira literária em 1993. Atualmente, Bernardo faz parte do quadro de colunistas do jornal Folha de S.Paulo, publicação na qual também trabalhou como correspondente em Paris e em Nova York. Sua atuação nessas diversas frentes trouxe fãs de seus textos até a Biblioteca de São Paulo para o encontro do programa Segundas Intenções realizado no último sábado de maio.

O bate-papo com Bernardo começou com um questionamento do mediador – e também jornalista – Manuel da Costa Pinto: “tem clima para falar de literatura, hoje, no Brasil?”. O convidado respondeu destacando a literatura como resistência e defendendo a necessidade da integridade dos textos, mas não faltaram reflexões sobre o atual momento do País em vários trechos da conversa. Ele discorreu, durante o encontro, sobre detalhes da construção de seus livros, personagens, além da escolha dos cenários e dos temas.

Foi uma verdadeira aula sobre cultura, como avaliou Maria, uma das assíduas frequentadoras do Segundas Intenções. Ela aproveitou o final da atividade para mostrar para Bernardo foto de exemplar de sua autoria que encontrou durante viagem para a Argentina. Luana é também fã dos textos de Bernardo e esperou o término do encontro para pedir autógrafo em uma das obras do escritor: “O filho da mãe”, que trouxe de casa. A leitora não saiu da biblioteca sem uma foto (veja na galeria de imagens) que registrasse a manhã que foi de muito sol e literatura.

As obras

Lembre-se que várias obras de Bernardo estão disponíveis em nosso acervo. Confira quais os títulos que temos por aqui, solicitando no balcão de atendimento ou verificando no catálogo no site. “Simpatia pelo demônio”, “Medo de Sade”, “Reprodução” (Prêmio Jabuti), “Nove noites” (Prêmio Portugal Telecom), “Mongólia” (Prêmio APCA e Prêmio Jabuti) e “Aberração”, “Onze”, “As iniciais” constam entre eles.

Confira a íntegra do bate-papo, que foi transmitido ao vivo no espaço da biblioteca no Facebook, clicando aqui e também no Youtube. Para ficar por dentro de outros encontros do programa Segundas Intenções, veja os vídeos disponíveis em nosso canal do Youtube.

Próximo encontro

Marque na agenda: dia 29 de junho é a vez do Segundas Intenções receber o escritor Luiz Ruffato. Ruffato nasceu em Cataguases, MG, em 1961, e lançou “Eles eram muitos cavalos”, “Estive em Lisboa e lembrei de você”, “Flores artificiais”, “De mim já nem se lembra”, “Inferno provisório” e “O verão tardio”, “Minha primeira vez” e “A cidade dorme “. Seus livros ganharam prêmios nacionais (Machado de Assis, APCA, Jabuti) e internacionais (Casa de las Américas e Hermann Hesse) e estão publicados em 12 países.

Compartilhe

Sobre o Autor

Deixe um Comentário