Equipamento de acessibilidade “abre” as janelas do nosso acervo

0

A BSP conta com dispositivo de tecnologia revolucionária, que oferece independência às pessoas com deficiência visual, déficit de leitura, dislexia e síndrome de down. O equipamento, acoplado em uma armação de óculos, tem aproximado essa população do nosso acervo, promovendo a inclusão. Este é o caso de Cleide Almeida, frequentadora da biblioteca. “Fiquei tão encantada e maravilhada que não sei se conseguirei traduzir a emoção que senti e descrever por onde meus pensamentos caminharam”, diz ela ao ser questionada sobre o que mais chamou a atenção no uso do acessório. “Me senti como se, depois de passar por um longo corredor escuro, me deparasse com uma imensa porta que consegui abrir ‘sozinha’, então, pude contemplar um dia  lindo, iluminado pelo sol, me convidando para uma nova experiência que há muito não me era possível”, resume. “Foi mesmo assim e sem exageros”, ressalta.

Como diz Cleide, “me veio à mente o tempo da faculdade em que meus amigos se dispunham a ler os livros e as apostilas para mim e os meus professores que liam as minhas provas, todos empenhados para que eu me tornasse a profissional que sou hoje, bem como nos meus cursos de contação de histórias. E, de repente, como num passe de mágica,  usando estes óculos, tive de volta a oportunidade da intimidade entre eu e o livro.”

Ela, que usa com frequência o aparelho que converte livros em TXT e áudio na BSP, destaca a importância da aquisição do objeto por aqui: “Seguramente o investimento de equipamentos como estes foge da realidade financeira da maioria do público a quem, como eu,  eles se destinam. Tê-los em um espaço público, democrático, faz toda diferença porque viabiliza o acesso”.

Saiba mais 

O equipamento – uma câmera intuitiva – está acoplado em uma armação de óculos. Ele fotografa, escaneia e transforma textos de qualquer superfície em áudio instantaneamente, além de reconhecer rostos (na biblioteca, os funcionários foram cadastrados para serem “identificados” pelos óculos) e produtos. Capaz de detectar textos em português, inglês e espanhol, o dispositivo possui controle de velocidade, permite escolher entre voz masculina e feminina e tem comandos para pausar, adiantar ou retroceder a leitura.

O produto de tecnologia revolucionária pode ser utilizado na biblioteca (também há na Biblioteca Parque Villa-Lobos) de forma gratuita. Para usá-lo, basta contatar nossa equipe de atendimento. Está localizado na área de acessibilidade, no primeiro pavimento, à esquerda de quem sobe as escadas.

Conhece alguém que poderia fazer uso desses óculos? Espalhe a notícia!

Veja também matéria sobre o equipamento e nossa área de acessibilidade veiculada em telejornal em https://bsp.org.br/2019/07/05/acessibilidade-na-bsp-ganha-espaco-em-telejornal/

Compartilhe

Sobre o Autor

Deixe um Comentário