#BSP10anos: um dia na vida de quatro palhaços com os Parlapatões

0
Foto: Equipe SP Leituras.

Foto: Equipe SP Leituras.

Os Parlapatões encheram a BSP de gargalhadas com o espetáculo Os Mequetrefe. A apresentação, que fez parte das comemorações dos 10 anos da biblioteca, aconteceu no fim da tarde de sábado, 15 de fevereiro, e foi inspirada na obra do ilustrador e poeta inglês Edward Lear, que criou o termo nonsense. O roteiro é assinado por Hugo Possolo e tem direção de Alvaro Assad. Na montagem, quatro palhaços – que não por acaso se chamam Dias – ganham vida com o próprio Possolo, Raul Barretto, Fabek Capreri e Alexandre Bamba.

Na história, tudo se passa em um único dia cheio de aventuras e de pura poesia. Apostando na mímica e na palhaçaria, os Dias enfrentam pneu furado, assistem TV (este, inclusive, é um dos momentos mais divertidos: eles veem um programa que reproduz um assalto a um posto de gasolina), tomam café, brincam, brigam, fazem as pazes e se divertem, fazendo com que a plateia interaja em vários momentos.

Contemplado com o Prêmio Zé Renato, da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, o espetáculo foi o primeiro visto pelo filho de Possolo, Leon, com o pai no palco. Uma emoção e tanto para a família toda! Emoção esta dividida com Nina, filha do chef Andy Giacometti, que ao encerrar a Oficina Minichef (veja matéria no site) também parou para conferir a peça. Na plateia, a pequena Maria, ao lado dos pais Mateus e Camila, não tirava os olhos do palco. Luciana e o marido Sérgio, frequentadores da biblioteca, trouxeram Bianca, que não conseguiu chegar a tempo da Oficina Minichef mas não perderia a peça por nada.

E você? Esteve na BSP no fim de semana de festa? Os Parlapatões deixaram um “parabéns” especial para BSP. Confira, clicando aqui.

 

 

 

Compartilhe

Sobre o Autor

Deixe um Comentário