/ governosp

Famílias aproveitam a Hora do Conto Interativa em casa, até mesmo dos EUA

0
Rosana e as filhas Gabriela e Lilian.  Foto: arquivo pessoal.

Rosana e as filhas Gabriela e Lilian. Foto: arquivo pessoal.

Rosana e as filhas Gabriela e Lilian vivem em São Francisco, nos Estados Unidos, onde ela é voluntária em uma biblioteca pública. A família participou da Hora do Conto Interativa com Kiara Terra, na programação online da BSP (há uma próxima contação no dia 15 de agosto, sábado, às 16h), e ficou feliz com este momento divertido de aproximação com o Brasil. “Tento ficar antenada em tudo que é possível para saciar a minha curiosidade e apresentar um bom repertório às minhas filhas. Acho isso essencial para que elas mantenham o interesse pela cultura brasileira e língua portuguesa”, diz ela.

Rosana conta que Gabriela, de 7 anos, e Lilian, de 5, aproveitaram bastante a contação; a mais velha adora particularmente quando pode compartilhar seus gostos e opiniões, o que acontece neste tipo de sessão interativa desenvolvido por Kiara. “Estas atividades têm sido essenciais para nos manterem conectados. O interesse tanto da Gabriela quanto da Lilian por atividades virtuais tem diminuído, mas tento explorar com elas conteúdos e repertórios que considero ricos. Vocês estão de parabéns pela iniciativa!”, ressalta.
Por sua vez, Wanderberg, que é narrador de histórias e tem seu próprio canal no YouTube, acessou a Hora do Conto Interativa daqui mesmo do território nacional. Ele – que como Rosana já conhecia o trabalho de Kiara – participou em dois dias com o filho Vinícius, de 9 anos. Em uma das datas inclusive comemorou o aniversário do pequeno. “Me ajudou muito, pois experimentei o papel do ouvinte.  E me senti tão envolvido quanto as crianças. Sou professor da primeira infância  na prefeitura. E fique super motivado em fazer uma contação para os meus alunos”, ressalta. Wandeberg diz que Vinícius demorou um pouco para “sintonizar” com o que era proposto, mas do meio para o final participou ativamente. “Eu avalio como de suma importância atividades como esta. Pois, além de ouvir, eles querem falar, interagir.  E ter um grupo pequeno para isso é muito bacana.  Ajuda tanto os adultos como as crianças principalmente”, finaliza.
Quem aproveitou bastante também foi Yohann, de 8 anos, filho de Eliane. A mãe conta que ele ficou encantado e interagiu como se estivesse participando presencialmente. “Eu até me surpreendi positivamente”, acrescenta ela. Os dois gostaram tanto que repetiram a dose e viram uma segunda sessão da atividade que Eliane elogiou bastante: “fantástico! Fez muito bem pra ele e pra mim também. Dar risada é sempre bom!”, especialmente em tempos de pandemia e isolamento social, como destaca.
Quer experimentar? Há uma última sessão da Hora do Conto Interativa dentro da programação online da BSP, marcada para o dia 15 de agosto, sábado, às 16h. Para participar, inscreva-se em https://bsp.org.br/inscricao. O título da história é “A casa ao avesso” e a atividade contará com Priscila Jácomo como convidada de Kiara nesta sessão que tem como referência o livro Selvagem”, de Emily Hughes.

Vale acrescentar que a Biblioteca Parque Villa-Lobos realizará a atividade em sua programação online em agosto e setembro, com sessões nos dias 22 e 29 de agosto e 5 e 12 de setembro e as inscrições devem ser feitas pelo link: https://bvl.org.br/inscricao.

Para saber como nasceu a ideia da Hora do Conto Interativa, confira também em nosso blog: https://bsp.org.br/2020/07/13/contadora-de-historias-compartilha-seu-saber-em-atividade-divertida/. Participe de nossa programação online e divirta-se!

Kiara Terra. Foto: Paulo Savala.

Kiara Terra. Foto: Paulo Savala.

 

Eliane e o filho Yohan. Foto: arquivo pessoal.

Eliane e o filho Yohan. Foto: arquivo pessoal.

 

 

 

Compartilhe

Sobre o Autor

Deixe um Comentário

Ouvidoria Transparência SIC
Doe Máscaras