/ governosp

Saiba o que é e como funciona o Clube do Audiolivro da BSP

0

81SbHzBXhKL

Dia 29 de setembro, às 14h30, teremos mais um encontro do Clube do Audiolivro. O debate, desta vez, será sobre “O Médico e o Monstro”, de Charles Raymond Macauley. Você já teve contato com obras neste formato?

Trata-se da versão de um livro “para ouvir”, ou seja, o conteúdo é narrado em áudio por uma ou mais pessoas. É conhecido também como audiobook ou “livro falado”, apesar deste termo ser mais utilizado em relação à tecnologia assistiva.

Letícia Almeida Paiva é auxiliar de leitura da biblioteca e mediadora desta atividade. Ela compartilhou um pouco de sua experiência neste novo modelo de clube. Confira: 

Como tem sido esta experiência para você, tanto na “leitura da obra” quanto na mediação da atividade?

Foi a primeira vez que tive contato com um audiolivro. Confesso que não foi muito fácil me concentrar no início pois sou mais estimulada pelo audiovisual. Porém, conforme ia ouvindo, fui aprendendo em que momentos eu estava mais propensa a me concentrar e daí para frente ficou mais fácil. Quanto à mediação, também foi a primeira vez que fiz algo assim e foi muito gratificante sentir a boa receptividade das pessoas presentes e poder ler e ouvir as diferentes opiniões sobre as obras.

Como tem sido a dinâmica com o público mais jovem? 

Senti que a maioria estava retraída, apenas ouvindo. Talvez por medo de expor suas visões acerca da obra. Por este motivo é preciso lembrar que, quando se trata de literatura, não existe certo e errado. Todos temos uma visão de mundo diferente e, consequentemente, uma visão literária diferente.

E o formato online? Como foi a adaptação e como está funcionando a dinâmica dos encontros?

A plataforma Zoom, onde ocorrem os encontros, é simples de usar então foi uma adaptação rápida. Pouco antes das 14h30, a produção permite a entrada dos participantes e começa-se discutindo como foi a experiência com o audiolivro. Logo após, falamos do livro e do(a) autor(a). Nos encontros é possível ligar o microfone ou digitar no chat as opiniões e ideias. Muitas vezes há ligação da obra com assuntos do nosso dia a dia, o que resulta em discussões bem legais. 

Tem alguma expectativa para os Clubes de setembro?

Espero que a receptividade continue igual ou melhor e que o público jovem se sinta mais encorajado a participar.

 

Ficou com vontade de participar? Ainda é possível se inscrever para o próximo encontro do Clube do Audiolivro. Acesse aqui para garantir a sua vaga!

Lembrando que a atividade é destinado a jovens entre 11 a 14 anos. As vagas são limitadas e os inscritos receberão instruções para baixar o título gratuitamente.

 

Compartilhe

Sobre o Autor

Deixe um Comentário

Ouvidoria Transparência SIC
Doe Máscaras