/ governosp

Veja como foi o Segundas Intenções com Ana Maria Gonçalves

0

O Segundas Intenções Online da BSP convidou, neste mês de novembro, a escritora Ana Maria Gonçalves. O bate-papo, mediado pelo jornalista Manuel da Costa Pinto, começou tratando da importância do livro “Um defeito de cor” na literatura brasileira e dando um “gostinho” do que vem por aí. A escritora está trabalhando, entre outros projetos, em seu novo romance: “Quem é Josenildo”. Uma ficção científica policial que já está há um ano e meio descansando na gaveta. A escolha do tema foi a forma que a autora encontrou de fluir em uma nova obra. “Busquei mais liberdade para escrever sem me cobrar”.

Ainda sim, o novo trabalho mantém a temática negra, as discussões sobre preconceito, escravidão e apagamento da memória. O cenário é futurista, mas os “ismos” que discutimos e repensamos atualmente seguem extremamente presentes nas páginas deste novo livro, ainda sem data de publicação, como salienta a escritora. 

Identidade negra, busca pelas origens e a necessidade de adquirir informações que não as contadas por pessoas e governos brancos, também foram assuntos muito presentes no encontro. “A consciência de si, da cor e da pele vêm, para muitos negros, por meio do racismo”, reflete a autora. Ana Maria Gonçalves também compartilhou um pouco do processo para chegar ao livro “Um defeito de cor”. Foram cinco anos e 19 versões até a publicação.

A escritora compartilhou que a mãe e a irmã são as suas principais leitoras em tudo o que faz. E que foi com a mãe que ela aprendeu a ler e a gostar de ler.

Vale a pena embarcar nesse bate-papo e ficar de olho nos próximos encontros do programa Segundas Intenções. Anota aí:

23/11, às 19h, bate-papo com Marcelo D’Salete no facebook da BVL.
07/12, às 19h, bate-papo com Adriana Lisboa no facebook da BSP.
14/12, às 19h, bate-papo com Cristovão Tezza no facebook da BVL.

 

Compartilhe

Sobre o Autor

Deixe um Comentário

Ouvidoria Transparência SIC
Doe Máscaras