/ governosp

Relação da imagem com o texto foi tema de oficina online na BSP

0
Foto: Divulgação/ Ruth Albernaz

Fernando Vilela e Stela Barbieri. Foto: Divulgação/ Ruth Albernaz

A oficina online “Narração de histórias e a imagem narrativa” que aconteceu na terça-feira, 24 de novembro, foi comandada por Stela Barbieri e Fernando Vilela. O casal demonstrou como as ilustrações podem contribuir para nos fazer imaginar o conteúdo desejado. Stella e Fernando apresentaram, como exemplos, vivências no mundo literário, analisando a importância da imagem na construção narrativa das obras que produzem juntos.

Eles compartilharam alguns contos e destacaram as possibilidades imagéticas de cada um. Nas análises, detalharam também o processo criativo da ilustração. E falaram ainda sobre a importância da pesquisa, a busca por referências e as diversas maneiras de retratar uma história.  

Depois da teoria, os participantes foram desafiados com um exercício. Com apresentação de uma história e, a partir de uma cena, criaram uma ilustração utilizando desenho e colagem. O resultado: diversas interpretações de um mesmo trecho do livro “A onça e o bode”. 

download

Outro ponto importante que Stella e Fernando ressaltaram no encontro, que durou duas horas, foi a necessidade de lidar com as limitações, tanto as pessoais quanto as que o próprio desenvolvimento de um projeto envolve. Como resolver? Que tal tentar utilizar os pontos limitantes para encontrar liberdades criativas, como sugeriram os dois? 

Stela Barbieri é artista plástica, autora de livros infantis, contadora de histórias e consultora nas áreas de educação e artes. Foi curadora educacional da Bienal de Artes de São Paulo (2009-14). Fernando Vilela é escritor, ilustrador, designer, educador e curador, com mais de 90 livros ilustrados publicados. 

Para participar de oficinas como esta, é só ficar de olho em nossa programação e atento às datas de inscrição. Confira as atividades de dezembro e participe! 

 

Compartilhe

Sobre o Autor

Deixe um Comentário

Ouvidoria Transparência SIC