/ governosp
Biblioteca de São Paulo

Evento Presencial

100 anos da Semana de Arte Moderna de 22 - Oficina Modernos, antes de 1922

27

novembro

14h30

Crédito: Caio Weiss Ricieri

A oficina organiza-se pela leitura dialogada e comentada de textos de natureza diversa, selecionados a partir do problema proposto como norteador do trabalho: práticas de escrita do período delimitado, consideradas a partir do conceito de modernidade, em relação com o conceito de modernismo, tal como abordado em literatura brasileira. Será disponibilizado material sobre a produção cultural (não apenas literária) e a intervenção na imprensa e na vida social dos poetas. Como culminância do trabalho, os participantes serão orientados na preparação de resenhas de algum dos textos propostos para estudo. Indicado para pessoas a partir de 15 anos.      A oficina integra a programação dos 100 anos da Semana de Arte Moderna de 22 e o Projeto Literatura Brasileira no XXI, em parceria com a Unifesp.

Sobre a ministrante:
Mestre em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Universidade Estadual de São Paulo (UNESP- Assis), doutora em Literatura Brasileira pela Universidade de Campinas (UNICAMP), com estágio de estudos na Universidade de Paris X (Nanterre). Realizou pós-doutorado sobre poéticas finisseculares na UNICAMP (entre 2007 e 2009) e na Universidade de São Paulo (USP), em estudos da tradução, entre 2016 e 2018. Docente do Departamento de Letras, credenciada no Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de São Paulo (Guarulhos), atuou como coordenadora de graduação entre 2013 e 2015 e como coordenadora de pós-graduação entre 2018 e 2021. Tem trabalhos e orienta pesquisas sobre as poéticas de Alphonsus de Guimaraens e Cruz e Sousa, simbolismo e decadentismo, poéticas do século XX e da contemporaneidade, relações entre Brasil, Portugal e França em poetas oitocentistas, questões relativas a gêneros literários, hibridismos e interseções entre prosa e poesia, dedicando-se também ao estudo de questões teóricas relacionadas à leitura e ao leitor, ao ensino da leitura e da literatura. Desde 2016, tem traduzido textos teóricos dedicados aos temas de sua atuação como pesquisadora. É líder institucional e fundadora (2010) do Grupo de Investigações do Poético (GRIPhO), membro do GT Teorias do Texto Poético, da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística (ANPOLL) e membro do comitê editorial da Revista Texto Poético. Também atua em outros grupos de pesquisa cadastrados no diretório do Cnpq: LABELLE, Laboratório de estudos de literatura e cultura da Belle Époque; GREIMO, Grupo de Estudos Interdisciplinares sobre a Modernidade; Historiografia das Letras Luso-Brasileiras e da Literatura Brasileira. De suas publicações, destaca-se Imagens do poético em Alphonsus de Guimaraens, de 2014, publicação conjunta EDUSP / Editora da UNIFESP. Também organizou a Antologia da poesia simbolista e decadente brasileira, de 2008 (Lazúli/ Companhia Editora Nacional). O volume Machado de Assis: ensaios da crítica contemporânea, preparado em parceria com Lúcia Granja e Márcia Lígia Guidin foi indicado entre os dez finalistas do prêmio Jabuti, na categoria Crítica Literária, em 2013. Desde 2010, atua em projetos de extensão acadêmica voltados às questões de leitura e letramento literário.

Sábados, 06, 13, 20 de novembro das 14h30 às 17h30, e 27 novembro das 14h30 às 16h.

Com Francine Fernandes Weiss Ricieri.

Inscrições a partir das 10h do dia 22 de outubro pelo link www.bsp.org.br/inscricao  

Cadastre-se e receba nossa newsletter