/ governosp
Biblioteca de São Paulo

Modernos antes de 22

07 DE dezembro DE 2021

Para dar andamento às comemorações da Semana de Arte Moderna de 22, a Biblioteca de São Paulo realizou em novembro a oficina Modernos, antes de 22, ministrada pela professora de literatura da USP de Guarulhos, Francine Ricieri; e a palestra João do Rio e a modernidade no jornalismo, com as professoras da Unesp, Tania Regina de Luca e Sílvia Maria Azevedo.

 

Nos quatro encontros da oficina Modernos, antes de 22, que aconteceu nos dias 6, 13, 20 e 27 de novembro, os participantes conheceram a produção de textos de poetas e escritores situados cronologicamente nas duas últimas décadas do século XIX e nas duas primeiras décadas do século XX. Entre eles, estão Cruz e Souza, Alphonsus de Guimaraes, Gonzaga Duque, Pedro Kilkerry, João do Rio e Gilka Machado.

 

Além de revelar uma produção cultural pouco divulgada, a oficina teve o propósito de mostrar como os autores do simbolismo abriram as portas para o grupo de modernistas, visto que seus trabalhos continham formatos inovadores e eram bastante polêmicos para a época. A professora Francine ainda apresentou o contexto pessoal e social de cada escritor destacado na oficina e, no fim dos encontros, os alunos foram convidados a produzir uma resenha crítica de algum dos textos discutidos durante as aulas.

 

Ainda no dia 27 de novembro, aconteceu a palestra sobre o escritor, jornalista e teatrólogo João do Rio. Para compreender sua produção literária, primeiramente, foi apresentada a situação política, econômica, intelectual e social do Rio de Janeiro nos anos 1870, cidade de nascimento do escritor. Posteriormente, as professoras falaram sobre sua produção textual inovadora, que trazia uma radiografia das ruas da cidade. Entre seus entrevistados preferidos estavam pessoas sem qualquer projeção social e que viviam à margem do processo civilizatório, como prostitutas, trabalhadores braçais e presidiários.

 

João do Rio também era especialista em abordar assuntos polêmicos, como as diferentes religiões e a exploração do trabalho infantil. É considerado o inventor de um estilo jornalístico utilizado com frequência na atualidade: a crônica-reportagem. Inimigo declarado de Machado de Assis, conseguiu entrar para a Academia Brasileira de Letras em 1910. Entre seus livros mais populares está A alma encantadora das ruas, lançado em 1908.

Cadastre-se e receba nossa newsletter

Política de Privacidade

Este site é mantido e operado pela Biblioteca de São Paulo (BSP).

Nós coletamos e utilizamos alguns dados pessoais que pertencem àqueles que utilizam nosso site. Ao fazê-lo, agimos na qualidade de controlador desses dados e estamos sujeitos às disposições da Lei Federal n. 13.709/2018 (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais - LGPD).

Cookies
Cookies são pequenos arquivos de texto baixados automaticamente em seu dispositivo quando você acessa e navega por um site. Eles servem, basicamente, para que seja possível identificar dispositivos, atividades e preferências de usuários, otimizando a experiência no site. Os cookies não permitem que qualquer arquivo ou informação sejam extraídos do disco rígido do usuário, não sendo possível, ainda, que, por meio deles, se tenha acesso a informações pessoais que não tenham partido do usuário ou da forma como utiliza os recursos do site.

a. Cookies de terceiros
Alguns de nossos parceiros podem configurar cookies nos dispositivos dos usuários que acessam nosso site.
Estes cookies, em geral, visam possibilitar que nossos parceiros possam oferecer seu conteúdo e seus serviços ao usuário que acessa nosso site de forma personalizada, por meio da obtenção de dados de navegação extraídos a partir de sua interação com o site.
O usuário poderá obter mais informações sobre os cookies de terceiros e sobre a forma como os dados obtidos a partir dele são tratados, além de ter acesso à descrição dos cookies utilizados e de suas características, acessando o seguinte link:
https://developers.google.com/analytics/devguides/collection/analyticsjs/cookie-usage?hl=pt-br
https://policies.google.com/privacy?hl=pt-BR
As entidades encarregadas da coleta dos cookies poderão ceder as informações obtidas a terceiros.

b. Gestão de cookies
O usuário poderá se opor ao registro de cookies pelo site, bastando que desative esta opção no seu próprio navegador. Mais informações sobre como fazer isso em alguns dos principais navegadores utilizados hoje podem ser acessadas a partir dos seguintes links:
Internet Explorer:
https://support.microsoft.com/pt-br/help/17442/windows-internet-explorer-delete-manage-cookies

Safari:
https://support.apple.com/pt-br/guide/safari/sfri11471/mac

Google Chrome:
https://support.google.com/chrome/answer/95647?hl=pt-BR&hlrm=pt

Mozila Firefox:
https://support.mozilla.org/pt-BR/kb/ative-e-desative-os-cookies-que-os-sites-usam

Opera:
https://www.opera.com/help/tutorials/security/privacy/

A desativação dos cookies, no entanto, pode afetar a disponibilidade de algumas ferramentas e funcionalidades do site, comprometendo seu correto e esperado funcionamento. Outra consequência possível é remoção das preferências do usuário que eventualmente tiverem sido salvas, prejudicando sua experiência.