/ governosp
Biblioteca de São Paulo

Respeito ao próximo, fortalecimento da dignidade e divulgação da leitura

10 DE dezembro DE 2021

A Biblioteca de São Paulo e a Biblioteca Parque Villa-Lobos possuem uma área específica para dar acolhimento e orientações aos associados em situação de vulnerabilidade. As atividades desenvolvidas pelo setor de Serviço Social atuam em consonância com os preceitos estabelecidos para o Dia Internacional dos Direitos Humanos, comemorado hoje, 10 de dezembro. A data, instituída em 1950, visa destacar o longo caminho a ser percorrido na efetivação dos 30 artigos presentes na Declaração Universal dos Direitos Humanos, da ONU, que estabelece como direito básico a todo cidadão o acesso a cultura, informação, respeito, liberdade, não-discriminação, saúde, alimentação, moradia, entre outros. 

A atuação do Serviço Social ultrapassa os limites físicos das bibliotecas ao desenvolver parcerias com centros de acolhida, ONGs, serviços para pessoas com deficiência, presídios, instituições de semiliberdade, escolas etc. No trabalho de campo, os profissionais da área utilizam textos e poemas como ferramenta de diálogo com os frequentadores desses locais com intuito de entender suas necessidades. Algumas visitas já possuem temáticas estabelecidas, como família, futuro, drogas e importantes efemérides, como o Dia da Consciência Negra; outras, são criadas no momento do encontro.

Muito mais do que colocar as pessoas em situação de vulnerabilidade em contato com a leitura, as atividades buscam trazer dignidade a quem vive à margem da sociedade. “Um papel muito importante que desempenhamos é o da escuta. Só de ter a possibilidade de relatar seus problemas e histórias de vida, muitos já melhoram”, diz a coordenadora do Serviço Social da SP Leituras, Maria Eulalia Borges.

 

Dentro dos espaços das bibliotecas, o Serviço Social atua na mediação de conflitos, recebendo os associados que chegam ao local sob efeito de substâncias químicas e também orientando sobre os centros de tratamento e de acolhida. “Uma das nossas tarefas é fazer com que essas pessoas sejam recebidas dignamente nos serviços públicos, então não fornecemos apenas o endereço, mas ligamos para ver se tem vaga e fazemos o encaminhamento”, explica a coordenadora. O departamento também auxilia as pessoas a tirarem documentos, fazer currículo e com indicações de locais onde possam procurar emprego ou encontrar possiblidades de cursos de formação. “O mais triste nesse trabalho é constatar que algumas pessoas já desistiram de lutar pelos seus direitos”, lamenta Maria Eulalia.

 

Mesmo com o acesso restrito a determinados locais, os profissionais não pararam com o atendimento nem durante a pandemia. Do início de 2021 até novembro, o Serviço Social da BSP e da BVL já realizou 233 atendimentos para orientações e mediação de conflitos dentro das bibliotecas, promoveu 18 eventos externos e 15 internos, visitou 11 centros de acolhida para adultos, duas instituições infantojuvenis e duas casas de semiliberdade. Também foram realizadas doações de livros para os espaços de leitura de algumas instituições.

Cadastre-se e receba nossa newsletter

Política de Privacidade

Este site é mantido e operado pela Biblioteca de São Paulo (BSP).

Nós coletamos e utilizamos alguns dados pessoais que pertencem àqueles que utilizam nosso site. Ao fazê-lo, agimos na qualidade de controlador desses dados e estamos sujeitos às disposições da Lei Federal n. 13.709/2018 (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais - LGPD).

Cookies
Cookies são pequenos arquivos de texto baixados automaticamente em seu dispositivo quando você acessa e navega por um site. Eles servem, basicamente, para que seja possível identificar dispositivos, atividades e preferências de usuários, otimizando a experiência no site. Os cookies não permitem que qualquer arquivo ou informação sejam extraídos do disco rígido do usuário, não sendo possível, ainda, que, por meio deles, se tenha acesso a informações pessoais que não tenham partido do usuário ou da forma como utiliza os recursos do site.

a. Cookies de terceiros
Alguns de nossos parceiros podem configurar cookies nos dispositivos dos usuários que acessam nosso site.
Estes cookies, em geral, visam possibilitar que nossos parceiros possam oferecer seu conteúdo e seus serviços ao usuário que acessa nosso site de forma personalizada, por meio da obtenção de dados de navegação extraídos a partir de sua interação com o site.
O usuário poderá obter mais informações sobre os cookies de terceiros e sobre a forma como os dados obtidos a partir dele são tratados, além de ter acesso à descrição dos cookies utilizados e de suas características, acessando o seguinte link:
https://developers.google.com/analytics/devguides/collection/analyticsjs/cookie-usage?hl=pt-br
https://policies.google.com/privacy?hl=pt-BR
As entidades encarregadas da coleta dos cookies poderão ceder as informações obtidas a terceiros.

b. Gestão de cookies
O usuário poderá se opor ao registro de cookies pelo site, bastando que desative esta opção no seu próprio navegador. Mais informações sobre como fazer isso em alguns dos principais navegadores utilizados hoje podem ser acessadas a partir dos seguintes links:
Internet Explorer:
https://support.microsoft.com/pt-br/help/17442/windows-internet-explorer-delete-manage-cookies

Safari:
https://support.apple.com/pt-br/guide/safari/sfri11471/mac

Google Chrome:
https://support.google.com/chrome/answer/95647?hl=pt-BR&hlrm=pt

Mozila Firefox:
https://support.mozilla.org/pt-BR/kb/ative-e-desative-os-cookies-que-os-sites-usam

Opera:
https://www.opera.com/help/tutorials/security/privacy/

A desativação dos cookies, no entanto, pode afetar a disponibilidade de algumas ferramentas e funcionalidades do site, comprometendo seu correto e esperado funcionamento. Outra consequência possível é remoção das preferências do usuário que eventualmente tiverem sido salvas, prejudicando sua experiência.